OS POVOS TRADICIONAIS DA AMÉRICA DO NORTE

OS POVOS TRADICIONAIS DA AMÉRICA DO NORTE
2016-10-31 Sarah Maia
CRIAÇÃO

[:pb]hopi_cartazInspiração da próxima coleção Mama Coca, a nação indígena Hopi ainda resiste ao tempo e ao homem. Protegidos pelas pelas chapadas do estado americano do Arizona, sendo a segunda maior população nativa nos Estados Unidos, eles têm a luta marcada em sua história, mas são conhecidos como um povo pacífico, com boa mão para a terra e para o artesanato e com um olhar criativo, amoroso e visionário que ainda se mantém.

A Reserva Hopi fica no nordeste do estado do Arizona e está rodeada pela Reserva Navajo. Alguns hopis também se mantém na reserva indígena do rio Colorado, no oeste do Arizona.

A Profecia dos povos pacíficos

Os índios hopi são conhecidos como povos pacíficos e que vivem em harmonia com outras culturas e seres da natureza. Muito ligados ao Tibet e ao Dalai Lama, acreditam que o povo tibetano é seu irmão (e que curiosamente ficam exatamente do outro lado do globo).

Há uma profecia hopi que diz que o seu povo e os “homens-vestidos-de-vermelho” do outro lado do oceano serão reunidos como irmãos. Por outro lado, uma profecia tibetana diz que “quando o pássaro-de-ferro voar e os cavalos correrem sobre rodas, o povo do Tibete espalhar-se-á pelo mundo e a sabehopi-eagle-dancer-kachinadoria de Buda  chegará aos “peles-vermelhas” do outro lado do oceano”.

Os hopis consideram-se parentes de todas as raças, mas especialmente dos tibetanos. Vivem para o bem do outro e acreditam que o mundo está em constante evolução. Não à toa, são conhecidos tribo do arco-íris.

Os índios Hopi também acreditam que seus antepassados foram visitados por seres procedentes das estrelas que se deslocaram em escudos voadores ou pássaros trovejantes, e dominaram a arte de cortar e transportar grandes blocos de pedra, assim como construir túneis e instalações subterrâneas.

Estes salvadores eram os Katchinas, que significa sábios, ilustres e respeitados. Os Katchina salvaram o povo Hopi de um cataclismo, e ensinaram-lhes a observar as estrelas, conhecer e cortar raízes, aplicar leis e uma larga lista de atividades relacionadas aos princípios de uma civilização.
Os Katchinas ajudaram os eleitos a descobrirem novas terras. Esse fato marcou o fim do terceiro do mundo e o começo do quarto.

O povo hopi afirma que o homem precisa evoluir sete vidas até chegar a purificação espiritual. Para eles, vivemos nosso quarto mundo – um mundo duro e violento – que agora se encerra para dar início ao quinto mundo, já mais evoluído e estável. Assim como os mais e astecas, sua contagem de tempo difere da ocidental e, não há toa, são vistos por muitos historiadores como antepassados de maias, astecas e incas.

nativos-ovni-to-no-cosmos

Adornos na tradição Hopi

adorno_hopiSempre cobertos com mantas de puro algodão feitas pelos homens, amarradas a cintos bordados pelas mulheres (as mulheres tinham como tradição deixar o ombro esquerdo descoberto), os hopi  foram muito influenciados pela colonização espanhola no século 19, passando depois a fazer parte do território mexicano para, em 1912, serem incorporados ao território americano. Essa influência espanhola aparece não só na troca da agricultura familiar pela manufatura e artesanato mas também na escolha dos adornos. Ricos em referências estéticas, tornaram-se grandes manipuladores da prata. Suas joias são conhecidas pela mistura do turquesa – a pedra preferida dos Hopi -, pedras, casca, madeiras e sementes. hopi

Uma das técnicas mais usada pelo povo hopi era a sobreposição da prata esterlina, onde duas folhas de prata era soldada juntas, depois cortadas para que a camada inferior ficasse exposta, com acabamento feito em lã de aço.

Os cabelos são outra característica do povo hopi. Quando a chegada da puberdade, as meninas passam a prender os cabelos em duas grandes espirais de cada lado da cabeça, uma referência a flor símbolo da fertilidade.

hoppi2[:en]hopi_cartazInspiração da próxima coleção Mama Coca, a nação indígena Hopi ainda resiste ao tempo e ao homem. Protegidos pelas pelas chapadas do estado americano do Arizona, sendo a segunda maior população nativa nos Estados Unidos, eles têm a luta marcada em sua história, mas são conhecidos como um povo pacífico, com boa mão para a terra e para o artesanato e com um olhar criativo, amoroso e visionário que ainda se mantém.

A Reserva Hopi fica no nordeste do estado do Arizona e está rodeada pela Reserva Navajo. Alguns hopis também se mantém na reserva indígena do rio Colorado, no oeste do Arizona.

A Profecia dos povos pacíficos

Os índios hopi são conhecidos como povos pacíficos e que vivem em harmonia com outras culturas e seres da natureza. Muito ligados ao Tibet e ao Dalai Lama, acreditam que o povo tibetano é seu irmão (e que curiosamente ficam exatamente do outro lado do globo).

Há uma profecia hopi que diz que o seu povo e os “homens-vestidos-de-vermelho” do outro lado do oceano serão reunidos como irmãos. Por outro lado, uma profecia tibetana diz que “quando o pássaro-de-ferro voar e os cavalos correrem sobre rodas, o povo do Tibete espalhar-se-á pelo mundo e a sabehopi-eagle-dancer-kachinadoria de Buda  chegará aos “peles-vermelhas” do outro lado do oceano”.

Os hopis consideram-se parentes de todas as raças, mas especialmente dos tibetanos. Vivem para o bem do outro e acreditam que o mundo está em constante evolução. Não à toa, são conhecidos tribo do arco-íris.

Os índios Hopi também acreditam que seus antepassados foram visitados por seres procedentes das estrelas que se deslocaram em escudos voadores ou pássaros trovejantes, e dominaram a arte de cortar e transportar grandes blocos de pedra, assim como construir túneis e instalações subterrâneas.

Estes salvadores eram os Katchinas, que significa sábios, ilustres e respeitados. Os Katchina salvaram o povo Hopi de um cataclismo, e ensinaram-lhes a observar as estrelas, conhecer e cortar raízes, aplicar leis e uma larga lista de atividades relacionadas aos princípios de uma civilização.
Os Katchinas ajudaram os eleitos a descobrirem novas terras. Esse fato marcou o fim do terceiro do mundo e o começo do quarto.

O povo hopi afirma que o homem precisa evoluir sete vidas até chegar a purificação espiritual. Para eles, vivemos nosso quarto mundo – um mundo duro e violento – que agora se encerra para dar início ao quinto mundo, já mais evoluído e estável. Assim como os mais e astecas, sua contagem de tempo difere da ocidental e, não há toa, são vistos por muitos historiadores como antepassados de maias, astecas e incas.

nativos-ovni-to-no-cosmos

Adornos na tradição Hopi

adorno_hopiSempre cobertos com mantas de puro algodão feitas pelos homens, amarradas a cintos bordados pelas mulheres (as mulheres tinham como tradição deixar o ombro esquerdo descoberto), os hopi  foram muito influenciados pela colonização espanhola no século 19, passando depois a fazer parte do território mexicano para, em 1912, serem incorporados ao território americano. Essa influência espanhola aparece não só na troca da agricultura familiar pela manufatura e artesanato mas também na escolha dos adornos. Ricos em referências estéticas, tornaram-se grandes manipuladores da prata. Suas joias são conhecidas pela mistura do turquesa – a pedra preferida dos Hopi -, pedras, casca, madeiras e sementes. hopi

Uma das técnicas mais usada pelo povo hopi era a sobreposição da prata esterlina, onde duas folhas de prata era soldada juntas, depois cortadas para que a camada inferior ficasse exposta, com acabamento feito em lã de aço.

Os cabelos são outra característica do povo hopi. Quando a chegada da puberdade, as meninas passam a prender os cabelos em duas grandes espirais de cada lado da cabeça, uma referência a flor símbolo da fertilidade.

hoppi2[:]

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*